BR Week

O varejo entrou na era da experiência

Começou o BR Week 2017, o maior congresso de varejo do País, que debate neste ano o varejo na era da experiência – e não é apenas o que você está pensando

Por Camila Mendonça

Experiência é a nova palavra da vez. Quem não entendê-la e praticá-la pode perder na largada da retomada. Debater a experiência não apenas sob o ponto de vista do consumidor, mas também do negócio é a proposta do BR Week 2017 – Brazilian Retail Week, o maior congresso de varejo do País, que acontece nesta semana em São Paulo, com o tema “A hora da virada: o varejo na era da experiência”.

“Fizemos uma curadoria de conteúdo com base nos grandes eventos internacionais que cobrimos para entender o que está acontecendo no mundo e trazer para o mercado brasileiro. Não queremos apenas falar de crise. Acreditamos em dias melhores”, afirmou Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão, durante a abertura do evento.

O congresso começou ontem, com o Prêmio BR Week 2017, jantar que apresentou os melhores varejistas do setor em diversos segmentos e os fornecedores que foram destaque em 2016. Nos próximos dois dias, mais de 3 mil congressistas estarão reunidos no Hotel Transamérica, para assistir os principais nomes do varejo e os principais especialistas do mundo, falar sobre como é possível oferecer experiência para o consumidor, mesmo em tempos de incerteza política e econômica.

“Crise não entrou aqui. Deixe do lado de fora e abra a mente para captar novas ideias, porque mesmo em tempos desagradáveis como esse, temos coisas boas para apresentar, boas ideias para enaltecer e uma agenda positiva. Muitas empresas são referência e cresceram. Está na hora de escolhermos nossos heróis e nossas referências”, afirmou Meir.

Após os dois dias de congresso, com conteúdo ininterrupto, o BR Week encerrará a programação deste ano com uma agenda de visitas técnicas a marcas que sabem como oferecer experiência aos clientes e como colocar o valor e o propósito da marca em prática. Na agenda estão Mundo Verde, Granado, Bodytech e um roteiro delicioso de lojas na Vila Madalena, como Oppa Design e Ameise Design.

“A ideia é unir o que temos de diferente em gestão, gestão de pessoas, modelos e tecnologia. Começamos a ver que temos ilhas de eficiência e que geram melhores resultados. Quando vemos empresas brasileiras com recorde de crescimento nos últimos anos, não podemos falar apenas de crise. Antes, muitas empresas se preocupavam em bater na porta de Brasília para pedir subsídio para o Governo e isso acabou. Temos de entrar para competir globalmente”, disse Meir.

O especialista lembrou da Amazon, como referência de empresa que subiu a régua da eficiência e da oferta de experiência. “Ela nos lembra que ou você entra no jogo, ou as coisas serão mais difíceis. É melhor entrar no jogo e com inspiração”, conta.

Confira a cobertura completa do BR Week 2017.



X

Compartilhar artigo

Envie este artigo para um amigo


X

Preencha Este Formulário

Nós queremos te conhecer melhor