BR Week

Vendedoras não, encantadoras! Conheça a Meu Móvel de Madeira

Nascida em Santa Catarina, a Meu Móvel de Madeira não mede esforços para agradar o consumidor.


Por Gabriella Sandoval

“Os dois dias mais importantes da sua vida são: o dia em que você nasceu, e o dia em que você descobre o porquê”. A frase, do pensador Mark Twain serviu de inspiração para a construção da marca Meu Móvel de Madeira. Do município de Rio Negrinho, em Santa Catarina, ela surgiu em 2006 com a proposta de vender móveis sustentáveis pela internet. Em 2010, fez uma pausa para rever seus planos estratégicos. No ano seguinte, retomou as vendas e, desde então, não para de crescer. Em 2011, tinha sete funcionários. Hoje, tem quase 70.

Na Meu Móvel de Madeira, as vendedoras são carinhosamente chamadas de encantadoras. “Crescemos baseados em pessoas. Não seguimos scripts”, diz Ronald Heinrichs, presidente da empresa. Em um bate-papo com convidados durante o BR Week, ele mencionou o caso de uma cliente que ligou para a empresa para encomendar o tampo de uma mesa que a filha havia riscado. Junto com a reposição, ela recebeu um quadro com giz para que a criança pudesse rabiscar à vontade.

Além desse cuidado, as vendedoras, ou melhor, encantadoras, têm o hábito de mandar para os clientes cartões escritos a mão e a missão de montar um móvel por mês. “Em uma época em que você precisa implorar por atendimento humano, esse tipo de atitude é muito valorizada”, diz Heinrichs. Em 2015, a Meu Móvel de Madeira foi considerada pela Great Place to Work uma das melhores empresas do varejo para se trabalhar.

A marca, que só vende para clientes finais, costuma disponibilizar ainda tutoriais na sua página do Youtube, que já reúne mais de 70 mil assinantes. Heinrichs destaca ainda que 65% do conteúdo gerado nas redes sociais parte de clientes, quando a média de mercado é de apenas 25%. Outra vantagem é compromisso firmado com os clientes e que contempla a devolução automática da diferença do valor de um produto se o preço dele baixar nos 30 dias subsequentes à compra.

Com entrega em mais de três mil cidades brasileiras, a Meu Móvel de Madeira começou, em setembro do ano passado, a atuar na Europa. Baseada na Alemanha, ela já faz entregas em 13 países do continente. “Agora, temos um novo desafio: entender o comportamento do consumidor europeu”, diz Heinrichs.

Confira aqui a cobertura completa do BR Week



X

Compartilhar artigo

Envie este artigo para um amigo


X

Preencha Este Formulário

Nós queremos te conhecer melhor