Ipiranga aposta em lockers e programa de fidelidade para melhorar experiência

O Ipiranga quer encher seus postos de novos clientes a partir do serviço de retirada de produtos de outros varejistas. Empresa aposta também em seu banco de dados de 27 milhões de clientes para melhorar jornada de compra

O Ipiranga está apostando no sistema de lockers para atender as demandas de compras pela internet de outros varejistas, usando sua vasta rede de postos de combustível para oferecer serviço de retirada. A empresa tem quatro lockers (armários inteligentes) em São Paulo e dez no Rio de Janeiro que já estão operacionais. Por enquanto, a parceria da rede de postos de gasolina contempla apenas as vendas on-line de Casas Bahia, Pontofrio e Extra.com (Via Varejo).

André De Stefani, gerente executivo de Desenvolvimento de Varejo do Ipiranga, aponta que os alguns lockers já estão próximos da capacidade máxima e sugere que os consumidores estão esperando a solução ganhar corpo para utilizá-la com maior frequência. “Estamos trabalhando perto do limite máximo nos quatro lockers onde temos entrega, o que prova que há uma demanda retraída”, afirma.

Não perca o BR Week 2018! Inscreva-se agora!

De Stefani diz que a empresa está validando algumas premissas do embrionário sistema para avançar para outras localidades. “Hoje, conhecemos melhor a jornada dos diferentes perfis de clientes que buscam essa conveniência, sendo capazes então de tornar ainda mais fluída a experiência de compra on-line dos consumidores dos parceiros do Ipiranga”, explica

Com o novo serviço, a rede de postos de gasolina busca gerar aumento de fluxo em suas lojas e favorecer o aumento das vendas principalmente nas franquias am/pm e Jet Oil, além dos serviços de abastecimento.

A parceria entre Via Varejo e Ipiranga foi firmada em janeiro deste ano. A ideia do Ipiranga é expandir o serviço para outros players do setor. “Já estamos em fase de desenvolvimento para, em breve, recebermos encomendas de outros grandes players”, avalia o representante do Ipiranga.

Programa de fidelidade

O representante da rede de postos de gasolina falou também sobre como o Ipiranga trabalha a enorme base de dados de clientes que possui por meio de seu programa de fidelidade Km de Vantagens. O tema será debatido no painel “Publicidade ou invasão de privacidade: Qual é o limite do Big Data como ferramenta de atendimento?”, do qual De Stefani vai participar no BR Week 2018, que será realizado entre os dias 12 e 14 de junho.

O Km de Vantagens tem, hoje, uma base de dados de 27 milhões de pessoas e opera aproximadamente 100 milhões de transações de acúmulo e resgate por ano. A plataforma, segundo De Stefani, é responsável por ativar negócios nas diferentes vertentes do grupo Ipiranga. Não perca, Inscreva-se!